Guaxinim ainda retorna para visitar a mulher que o salvou há 3 anos

Os animais são confiáveis, gratos e leais e assim como os seres humanos, eles sentem fome, gostam de carinho e precisam de abrigo, e nunca esquecem de pessoas que um dia lhes ajudaram, embora pessoas de má coração não se atentam à isso.

Essa história é um grande exemplo de gratidão dos animais. Uma mulher chamada Nikki Robinson encontrou um guaxinin abandonado para morrer no meio de uma estrada movimentada e o resgatou, ela procurou vários centros de resgate para cuidar do pobre animal que estava muito debilitado, mas não havia vaga em nenhum deles.

Nikki estava desesperada para ajudar o pobre guaxinim e mesmo não havendo espaço nas clínicas de resgate para o abrigar, ela pensou em algo para mantê-lo a salvo.

Nikki não tinha tempo para cuidar do animal, pois trabalhava em tempo integral e optou por pedir ajuda à sua mãe, Linda, que tinha muito tempo disponível.

 Publicidade

Nikka trabalha como reabilitadora de vida selvagem e sabia como cuidar de um guaxinim pequeno, e foi então que ela resolveu compartilhar todos os conhecimentos com sua mãe, para que ela pudesse cuidar do pequeno guaxinim. Ela ensinou a como alimentá-lo, e cuidar dele da forma correta. Linda passou a cuidar do adorável animal e os dois construíram um lindo vínculo de amizade.

Em entrevista ao The Dodo, Nikki declarou que “a primeira vez que ela deu mamadeira e ele olhou para ela, ela derreteu, o tratou com muito carinho desde o início, porque eles gostam muito de ser tocados. Então ela criou um vínculo com ele, mesmo sabendo que um dia ele voltaria para a natureza.”

Depois de muito tempo e graças aos cuidados de Linda, o pequeno Little Hands, como chamavam o guaxinim, conseguiu de recuperar de seus traumas passados e estava pronto para voltar à vida selvagem. Então foi iniciado o processo para reintegrá-lo à natureza.

O processo de libertação foi feito aos poucos e com muita cautela, pois o animal precisava estar preparado para sair de casa. Então Linda começou a deixá-lo no quintal para que aos poucos, ele encontrasse um caminho para seguir, no entanto, o animal ainda estava inseguro e sempre voltava para a casa.

Infelizmente, a mulher esperava que um dia o animal parasse de voltar. Mas, pelo que parece, os planos de Little não era abandonar a pessoa que salvou a sua vida, então ele continuou visitando a família todos os dias, para cumprimentar e agradecer por tudo o que fizeram por ele.

Little é sempre recebido com abraços e carinhos e é isso que os torna tão unidos.

Nikki disse:

“Minha mãe tem um balanço na varanda onde ela se senta, ele viria e literalmente rastejava no balanço para se sentar ao lado dela e ele só queria sua bunda e o queixo coçados. Ele procura se aconchegar, depois comer e sair.”

Finalmente, Nikki mencionou que sua mãe “Fica do lado de fora todos os dias e o espera, ele a visitam e ela fica muito feliz. Ele também a amam, porque ela é sua mãe”.

Os animais são muito gratos e isso os torna especiais e diferentes de muitos humanos. Compartilhe para que as pessoas conheçam esta linda história de amor.

Veja também

Cão de abrigo cego sempre corre quando ouve a voz do seu melhor amigo

Arafa é um cachorrinho que possui uma difícil condição mas que não o impede de …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.