Cadelinha indefesa espera que alguém se aproxime para ajudá-la pois não conseguia nem ficar de pé

O abandono de um animal é um dos atos mais covardes que um ser humano pode fazer. O que se passa na cabeça de uma pessoa ao abandonar um ser tão indefeso?

Infelizmente foi o que aconteceu com esta pobre cadelinha, que foi abandonada para morrer. Estava fraca e muito debilitada, mal conseguia se manter em pé. Mas felizmente sua história teve uma reviravolta.

O local onde a cadela foi abandonada é conhecido por ser uma área comum de abandono de animais.

A cadelinha, que é uma mistura de Beatle com cão de caça, provavelmente estava há dias sem comer, pois mal conseguia se manter em pé. Um bom homem que passava pelo local notou o sofrimento da cadela e decidiu fazer algo imediatamente, pois sabia que se não agisse logo, o desfecho da cadela seria fatal.

Quando o homem se aproximou do animal, notou que duas de suas patas traseiras estavam inchadas e dobradas, o que indicava que suas pernas haviam sido quebradas, a outra pata também estava anormal. O homem rapidamente chamou os voluntários do abrigo de animais chamados Stray Rescue of St. Louis, para resgatá-la e receber atendimento médico.

Enquanto os funcionários do abrigo iam até o local, o homem ajudava a cachorra com o que trazia consigo , tirava o casaco e o vestia como manta para protegê-la do resfriado que sentia.

A cadela finalmente entendeu que o homem estava ali para ajudá-la, caso ninguém se a encontrasse, ela continuaria ali em condições deploráveis, sofrendo sem alivio algum.

Embora tenha conhecido o pior lado da humanidade, a cadelinha confiou nas pessoas que chegaram para resgatá-la.

Após uma avaliação na clínica, constataram que a cadela tinha fraturas múltiplas em duas de suas pernas.

O quadro era grave e o animal precisou passar por um procedimento cirúrgico com urgência para amenizar os danos dos ferimentos.

Foi criado uma campanha pelos voluntários para custear os custos do tratamento da caelinha, as despezas médicas custou 7.000 dólares até aquele momento.

A cadelinha recebeu o nome de Polar Express, e ainda havia um caminho longo de recuperação. O fato é que ela está ao lado de pessoas amorosas que estão dispostas a garantir sua segurança e saúde, e isso é o que importa.

Os cães são seres inocentes que só tem amor para dar. É doloroso saber que tantos animais são abandonados ou recebem tratamento injusto por parte de donos irresponsáveis.

Infelizmente, nem todos os casos de abandono possuem um final feliz, mas o desta cadelinha foi uma excessão e ela pôde conseguir uma nova oportunidade de vida.

Admiramos o trabalho de quem resgatou o Polar e mudou seu destino, precisamos de mais heróis assim no mundo.

Veja também

Motorista de caminhão parou para dar água a um pequeno tatu

Giovani Caio é um caminhoneiro brasileiro que notou um pequeno tatu exausto enquanto trasitava pelo …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.